Irã volta a enriquecer urânio acima do limite permitido pelo acordo nuclear

Foto: Reprodução Cientistas começaram processo de enriquecimento nesta segunda-feira, 4, após notificarem a Agência Internacional de Energia Atômica 04 de janeiro de 2021 | 09:26 mundo

O Irã reiniciou o processo de enriquecimento de urânio com um nível de pureza de 20% em uma instalação subterrânea, descumprindo os termos do Acordo Nuclear de 2015, assumido com os membros do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU).

O anúncio foi feito pelo porta-voz do governo, Ali Rabie, à mídia estatal iraniana. De acordo com Rabie, o presidente Hassan Rouhani deu a ordem para a mudança nas instalações de Fordo. Protegido pelas montanhas, Fordo é cercado por armas antiaéreas e outras fortificações. É do tamanho de um campo de futebol, grande o suficiente para abrigar 3.000 centrífugas.

Ainda de acordo com o porta-voz, os cientistas começaram o processo de enriquecimento na segunda-feira à tarde, após notificarem a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), o órgão de vigilância nuclear das Nações Unidas.

A decisão do Irã vem depois da aprovação no parlamento de um projeto de lei para aumentar o programa nuclear como forma de pressionar a Europa a aliviar sanções econômicas. A medida também é vista como uma forma de pressionar o presidente dos EUA, Joe Biden, antes mesmo de sua posse. Biden já disse estar disposto a entrar novamente no acordo nuclear, do qual os EUA se retiraram em 2018, na gestão de Donald Trump.

Estadão Voltar para a página inicial

Fonte: politicalivre.com.br/2021/01/ira-volta-a-enriquecer-uranio-acima-do-limite-permitido-pelo-acordo-nuclear