No combate a bloqueio dos EUA, México anuncia doação de 800 mil seringas a Cuba – Hora do Povo

“Se quer ajudar Cuba, por que Estados Unidos não suspende o bloqueio”, desafia Obrador (AFP)

O governo do México anunciou a doação de 800 mil seringas a Cuba. A informação veio através do Ministério do Exterior de Cuba e será feita com fundos da Celac (Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos).

Segundo o Ministério mexicano, a determinação foi realizada devido à condição de Presidência Pró-Tempore do México o que lhe permitiu a decisão que “corresponde e incorre na urgente necessidade regional e no esforço de contraposição o impacto da pandemia”. Dessa forma se apoiará “a irmã República de Cuba”.  

A nota agrega que, a este envio, se soma a remessa de ventiladores e vacinas a outros países da região.

Quem quiser realmente ajudar os cubanos – já havia sustentado o presidente mexicano em declarações do dia 10 deste mês – o primeiro que deve fazer é lutar pela suspensão do bloqueio, “como está solicitando a maioria dos povos do mundo, isso seria um gesto humanitário”. “Nunca um país pode ser cercado por razões políticas, bloqueado, isso é o mais contrário que pode haver aos direitos humanos”, assinalou. Segundo o mandatário, existem duas formas de resolver a situação: “cancelando o bloqueio e que os países ajudem Cuba sem fins políticos”.

No território cubano, frisou o presidente mexicano, “não deve haver intervencionismo, não se deve utilizar a situação de saúde do povo cubano com fins políticos”. López Obrador, que agradeceu o envio no ano passado de médicos cubanos para combater a pandemia de Covid-19 no México, “expressou nossa solidariedade ao povo de Cuba com toda clareza, sem hesitação”. E reiterou: “Nós não podemos esquecer o que Cuba fez pelo México”.

Fonte: horadopovo.com.br/no-combate-a-bloqueio-dos-eua-mexico-anuncia-doacao-de-800-mil-seringas-a-cuba