Xi destaca "democracia e desenvolvimento" como "valores da Humanidade" – Hora do Povo

Xi Jinping fala na Cúpula Mundial dos Partidos Políticos (Xinhua)

Ao se dirigir aos líderes de 500 partidos de todo o planeta, o presidente da China enfatizou a identidade dos povos com “os valores comuns da Humanidade por paz, desenvolvimento, equidade, justiça, democracia e liberdade”

 “Nenhum país pode ficar indiferente diante dos desafios globais e a cooperação é a única escolha“, afirmou Xi Jinping, em discurso de abertura na Cúpula Mundial dos Partidos Políticos, realizada via internet, a partir de Pequim, na terça-feira (6).

“Apesar das diferenças entre países ao longo da história, por sua cultura, instituições e nível de desenvolvimento, seus povos se identificam com os valores comuns da Humanidade por paz, desenvolvimento, equidade, justiça, democracia e liberdade”, prosseguiu o dirigente chinês.

“Com um forte senso de responsibildade pelo futuro de toda espécie humana, nós precisamos vanguardear os valores comuns da humanidade, levar avante a tolerância de mente aberta na direção do entendimento dos valores das diferentes civilizações e respeitar a busca dos diferentes povos para tornar estes valores em realidade”.

No encontro, o secretário-geral do Comitê Central do Partido Comunista e presidente da China acrescentou que “nossos partidos devem assumir a responsabilidade pela busca do bem-estar das pessoas e pelo progresso da humanidade”.

Em seu discurso de abertura da cúpula “Pelo Bem-Estar das Pessoas: a Responsabilidade dos Partidos Políticos”, o líder chinês exortou a todos a se oporem à prática de politizar a pandemia Covid-19 ou de anexar um rótulo geográfico ao vírus.

Mais de 500 líderes de partidos políticos e organizações políticas de mais de 160 países e mais de 10.000 representantes de partidos participaram do evento.

REPÚDIO AOS BLOQUEIOS

Xi criticou as práticas de buscar o bloqueio e impedimentos à tecnologia, politização da pandemia, “manipulação política para fins de sabotar o desenvolvimento de outros países”, e práticas de “buscar a hegemonia por meios da política de grupo”.

Os partidos políticos, como uma importante força por trás do progresso humano, “precisam estabelecer o curso correto adiante e assumir a responsabilidade histórica deles para garantir o bem-estar das pessoas e buscar o progresso da humanidade”, disse Xi.

“NÃO AO HEGEMONISMO”

Assinalando que a China nunca buscará hegemonia, expansão ou esfera de influência e sempre será um membro do mundo em desenvolvimento, Xi assinalou:  “Devemos nos opor à prática do unilateralismo disfarçado de multilateralismo e dizer não à hegemonia e à política de poder”.

Em seu discurso, Xi pediu aos partidos políticos que adotassem a ideia de comunidade global com um futuro compartilhado. “Visto da perspectiva de ‘meu próprio país primeiro’, o mundo é um lugar apertado e lotado, perpetuado por uma competição acirrada“, disse Xi, ressalvando que“visto da perspectiva de ‘uma comunidade global com um futuro compartilhado’, o mundo é um lugar vasto e amplo, cheio de oportunidades de cooperação“.

“Precisamos capacitar todos os países a intensificar o desenvolvimento e a cooperação, e fazer com que os frutos do desenvolvimento sejam compartilhados por todos”, disse Xi, apelando para esforços conjuntos para trazer maior equidade, maior eficiência e maior sinergia para desenvolvimento global.PROMOÇÃO DO PROGRESSO

Com o objetivo de promover o progresso humano, Xi também enfatizou que o PCCh está disposto a contribuir com mais soluções e com a força chinesa para o processo de redução da pobreza em todo o mundo; e a China não poupará esforços para apoiar a cooperação internacional contra a COVID-19. “Com um forte sentimento de responsabilidade pelo futuro de toda a humanidade, precisamos defender os valores comuns, fomentar uma tolerância de mente ampla em relação à compreensão dos valores por diferentes civilizações e respeitar as explorações de diferentes povos para transformar tais valores em realidade”, afirmou Xi.

Indicando que todos os países e nações têm igual direito às oportunidades e direitos de desenvolvimento, Xi disse que os partidos políticos devem enfrentar com sinceridade os principais problemas, como disparidade de riqueza e divisão de desenvolvimento, com a atenção e o cuidado dados aos países e regiões subdesenvolvidos e pessoas carentes.

Pedindo mais cooperação na abordagem dos riscos e desafios globais, Xi disse que, diante da pandemia, os partidos políticos devem trabalhar juntos para estreitar a “disparidade de imunização” e devem se opor à prática de politizar a pandemia ou de anexar um rótulo geográfico ao vírus.

PELA PAZ E DESENVOLVIMENTO

 O objetivo inabalável do PCCh é administrar bem a China, garantir uma vida feliz para os mais de 1,4 bilhão de chineses e promover a paz e o desenvolvimento para toda a humanidade, disse Xi.

O PCCh unirá e liderará o povo chinês em tomar passos abrangentes para aprofundar novas contribuições para o desenvolvimento e a prosperidade compartilhados de todos os países no mundo, observou Xi.

REDUÇÃO DA POBREZA

O PCCh está disposto a contribuir com mais soluções e força da China para o processo de redução da pobreza em todo o mundo, disse o líder chinês, lembrando que desde o 18º Congresso Nacional do PCCh, realizado em 2012, todos os 98,99 milhões de moradores rurais que viviam abaixo da linha da pobreza na China foram tirados dessa situação, possibilitando ao país alcançar a meta de redução da pobreza estabelecida na Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável da ONU 10 anos antes do programado.

O país não poupará esforços para apoiar a cooperação internacional contra a Covid-19 e promover a acessibilidade e a disponibilidade das vacinas nos países em desenvolvimento, e contribuir mais para a luta global contra a mudança climática, acrescentou.

Xi afirmou que o PCCh melhorará ativamente a governança global para dar novas contribuições para a resposta conjunta da humanidade aos desafios comuns.

Fonte: horadopovo.com.br/xi-destaca-democracia-e-desenvolvimento-como-valores-da-humanidade