O que é marketing pessoal? Estratégia melhora o desempenho profissional e saúde mental

Quando ouvimos a palavra “marketing” imediatamente nos vem à mente as estratégias de publicidade que encontramos em nosso cotidiano: anúncios em websites, outdoors em estradas, logos de empresas em camisetas e carros. A verdade é que durante o último século diversos especialistas dedicaram muito tempo e esforço para entender as melhores estratégias de marketing, como capturar a atenção das pessoas, como potencializar os lados positivos de um produto e como garantir que a melhor imagem de uma empresa seja expressa aos consumidores.

Mas e se todo esse aprendizado e técnicas refinadas pudessem ser aplicadas a nós, indivíduos, ao invés de uma marca? Esse é o conceito do marketing pessoal, que vem ganhando destaque no Brasil tanto por seu potencial de favorecer candidatos em processos seletivos para empregos como por seu uso como mecanismo para melhorar a autoestima e disciplina. Confira nossa seleção de dicas de profissionais da área para entender e fazer o marketing pessoal agora mesmo.

 

Organização – no mundo real e virtual

Para começar a fazer o marketing pessoal, em especial tendo em vista a busca por empregos ou melhoramento profissional, ou até mesmo como uma chance de recomeçar do zero sua presença social, é importante organizar seus espaços virtuais e reais.

Comece cavando em sua gaveta de documentos todos aqueles que possam ser importantes para ter em mãos: identidade, carteira de habilitação, carteira de trabalho, histórico escolar, certificados de cursos, entre outros. Escaneie usando um scanner ou aplicativo para celular, como o Microsoft Lens, e organize-os em um local seguro. Já para o mundo virtual, pesquise seu nome no Google e encontre todas as redes sociais com seus dados – apague as que não deseja utilizar e limpe seu perfil nas que ainda gostaria de manter online. Caso encontre algum tipo de perseguição, notícia falsa, ou tenha receio de que isso possa acontecer no futuro, conheça as melhores formas de manter a privacidade online escritas pela ExpressVPN.

Outro aspecto importante é organizar uma agenda, virtual ou no papel, onde você possa estipular com clareza suas atividades pendentes, hábitos diários, tarefas periódicas e qualquer tipo de lembrete importante para o dia a dia. De acordo com especialistas em neurociência, um hábito é formado quando uma tarefa é repetida frequentemente e com um gatilho – por exemplo, toda vez que tomar o café da manhã também lê o jornal, ou toda vez que senta em frente ao computador abre o site de busca de empregos. Com o passar do tempo, as repetições se tornam automáticas e não geram mais o mesmo cansaço.

Repaginação da identidade

 

Na era moderna os recursos de mídia são nossos maiores aliados para criar uma nova identidade e, em muitos casos, chamar a atenção para o seu currículo no meio de tantos outros candidatos. Uma boa identidade visual também nos ajuda a vender nossos trabalhos autônomos, iniciar uma nova oportunidade de empreendedorismo ou apenas ficar mais satisfeitos com nossa imagem online. Confira alguns serviços simples que podem fazer a diferença:

 

SimpleMind:

Organizar um projeto, metas, colocar ideias no papel ou consolidar uma nova etapa em nossas vidas pode ser uma tarefa confusa com milhares de informações. O SimpleMind soluciona este problema criando mapas mentais – estratégia recomendada por psicólogos – que podem organizar nosso fluxo de ideias de forma simples e visualmente agradável. Um mapa mental alia diversas palavras a um conceito central, e ajuda a manter o foco e explorar novas conexões.

Canva:

O Canva é um aplicativo disponível gratuitamente em qualquer smartphone, tablet ou computador. Com o serviço é possível criar currículos, cartões de visita, banners para redes sociais, postagens no Instagram e Facebook, arte para cardápios, entre diversas outras formas de divulgação. A grande diferença é que o app pode ser facilmente utilizado por quem não é um profissional da área, já que conta com milhares de modelos prontos, imagens e desenhos para adicionar, fontes, e diversas ferramentas intuitivas de edição. O resultado pode ser surpreendente, e um currículo minimalista porém caprichado pode ser o destaque fundamental para conseguir uma vaga.

As 3 chaves do marketing pessoal

Por fim, se vamos pensar em marketing pessoal, é preciso conhecer os três pontos principais que regem este conceito. Eles são, de fato, os fatores que servirão como real base para diferenciar um candidato, melhorar nosso cotidiano, ou progredir em uma nova carreira. Confira:

 

  • Networking: O networking é o termo em inglês que representa a nossa rede de contatos. Conheça e pegue o contato de outras pessoas que trabalham em sua área, potenciais chefes em outras empresas, especialistas e pesquisadores, amigos com boas relações, profissionais capacitados, entre outros. Para isso, vá em conferências, debates, eventos culturais, showrooms, exposições, e sempre se apresente ao maior número de pessoas possível.

 

  • Aperfeiçoamento: O aperfeiçoamento representa a busca por novas qualificações, atualização de nossos conhecimentos e até mesmo exploração de novos hobbies. Cursos online com certificados ou intensivos técnicos podem fornecer habilidades em demanda no mercado de trabalho, e novos hobbies podem explorar novos talentos, originar novos caminhos profissionais, nos aproximar de pessoas semelhantes e treinar capacidades intelectuais e manuais.

 

  • Soft skills: As denominadas “soft skills” são nossas atitudes e comportamentos que não estão diretamente ligadas com a área de atuação profissional, mas a impactam de forma indireta. Algumas soft skills importantes, consideradas por profissionais de RH como determinantes na contratação, incluem: a capacidade de falar em público e ministrar apresentações, o respeito e convívio em grupo, cordialidade e respeito, capacidade de aprender e reproduzir novos conhecimentos, desejo de ensinar e ajudar,  organização.

 

Embora o conceito possa parecer um pouco aberto, o marketing pessoal possui grande capacidade de transformar lentamente nosso futuro profissional e a forma como encaramos nossa própria vida e capacidades. Investir em nossa imagem e tratá-la com a mesma importância que um publicitário aplicaria a seu produto podem renovar nosso desejo de aprimoramento e garantir novas oportunidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.