Osmar Terra chama Guilherme Boulos de Felipe Nunes, CEO da Quaest

São Paulo – Um dos mais conhecidos desde o inicio da pandemia, o deputado federal Osmar Terra (MDB-RS), ex-ministro da Cidadania de Jair Bolsonaro, chamou Guilherme Boulos – pré-candidato a deputado federal pelo Psol – de Felipe Nunes, o CEO da Quaest. Foi uma tentativa desastrada de desqualificar a divulgada ontem (11), que mostra Lula na liderança. A postagem de Terra no Twitter, ainda na quarta-feira, começou a repercutir no início da noite de hoje (12), com a resposta do próprio Boulos.

“Para quem não conhece, este é Felipe Nunes, o Diretor da Quaest, que fez pesquisa eleitoral para Presidente, publicada hoje 11/05/22. Ela dá ampla vantagem a Lula… É possível acreditar na isenção?”, escreveu o deputado bolsonarista, sobre uma foto que mostra Boulos ao lado de Manuela D’Ávila, como se fosse fosse Felipe Nunes.

imagem13-05-2022-06-05-33
imagem13-05-2022-06-05-33
Boulos leva no humor

Também em seu Twitter, Boulos respondeu com ironia e humor. “Prezado Osmar Terra Plana, não me chamo Felipe nem sou diretor de Instituto de pesquisa. Melhore!”, escreveu.

Pouco mais de um mês depois de a pandemia de covid-19 chegar ao Brasil, Osmar Terra se tornou o parlamentar que mais disseminou desinformação sobre a doença, segundo levantamento do .

Segundo a análise, que considerou os 1.500 tweets sobre o assunto com mais interações (retweets e curtidas) publicados por membros da Câmara dos Deputados e do Senado entre 20 de fevereiro e 8 de abril de 2020, foram encontradas 159 postagens com desinformação veiculadas por 22 parlamentares e que somavam cerca de 1,58 milhão de interações no período.

“Terra foi, sozinho, responsável por 38 desses posts (23,9%) e 522.485 dessas interações (32,9%). Em seguida, aparecem como maiores difusores de desinformação os deputados Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), cujas publicações enganosas tiveram 18% das interações, e Bia Kicis (PSL-DF), com 10%”, informou o Aos Fatos na época.

Membro ativo do chamado “gabinete paralelo, Osmar Terra, naquele período, era presença constante nas redes de WhatsApp de famílias, com vídeos em que atacava com “análises científicas” as medidas de governos estaduais para combater a pandemia, como o lockdown.

Leia mais:

    Fonte: www.redebrasilatual.com.br/politica/2022/05/osmar-terra-chama-guilherme-boulos-pelo-nome-do-ceo-da-quaest