Otto Alencar: “Bolsonaro não se sensibiliza e ignora as mortes de crianças por Covid” – Hora do Povo

Senador Otto Alencar (PSD-BA), ex-membro da CPI da Covid-19. Foto: Pedro França – Agência Senado

O senador Otto Alencar (PSD-BA), que foi membro da CPI da Pandemia, disse que Jair Bolsonaro “não se sensibiliza” com a morte de crianças por Covid-19 e que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, precisa explicar a sabotagem contra a vacinação.

Para Otto, “perder 620 mil pessoas e achar que não está perdendo nada, é banalizar a vida. Eu rejeito isso”.

“O presidente não se sensibiliza com isso. Ele não toma conhecimento, como também não tomou conhecimento das enchentes aqui na Bahia”, continuou, em entrevista para o site O Antagonista.

O senador criticou a sabotagem do governo Bolsonaro à vacinação de crianças, que já foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“A vacina está se aplicando no mundo inteiro e o presidente toma uma decisão de não vacinar simplesmente porque ele acha que a vacina vai trazer algum prejuízo às crianças. Ele acha. Ele não sentou em um banco de universidade, ele não tem informação na área da saúde e, o que é pior de tudo, o ministro da Saúde aceita isso e incorpora esse tipo de decisão ao currículo dele”, falou.

“A vacinação é eficiente para as crianças. Tanto para as crianças quanto para os adultos. É importante mostrar isso com clareza”, continuou o médico.

“Parece que o Brasil nunca teve experiência em vacinação de crianças. Parece que nunca se vacinou criança contra as viroses da infância, sarampo, caxumba, poliomielite… A Covid é uma virose. Um vírus específico. Agora, você não pode postergar isso, sabendo que a criança se contamina e ela contaminada leva para o avô, para o pai e para a mãe. A vacina passou por todas as fases de pesquisa”, pontuou.

Bolsonaro falou em transmissão ao vivo que a chance de uma criança morrer de covid-19 é “quase zero”, não citando que pelo menos 311 crianças com idade entre 5 e 11 anos morreram pela doença.

Otto Alencar defendeu a convocação de Marcelo Queiroga para prestar esclarecimentos aos senadores e deputados do porquê está atrasando de forma deliberada a vacinação de crianças entre 5 e 11 anos. Um requerimento assinado por 14 senadores já foi apresentado.

Que “essa ida do ministro Queiroga possa se chegar ao porquê, qual o conhecimento, qual a prova que ele tem que há risco de se aplicar a vacina para as crianças. Não é só ser contra. Mas é ser contra por quê? Qual é a prova que ele tem que pode dar problema? Qual foi a criança que teve problema? Ele tem que ter prova”, criticou.

Otto disse que a convocação servirá “para entender porque ele rejeita a ciência e a orientação científica. E por que dos ataques à Anvisa, chegando ao ponto de duvidar da honra e da honestidade dos membros da Anvisa, que são pessoas respeitadas no Brasil, conceituadas, de achar que elas tiveram algum interesse em liberar a vacinação”.

Fonte: horadopovo.com.br/otto-alencar-bolsonaro-nao-se-sensibiliza-e-ignora-as-mortes-de-criancas-por-covid