Doria: “uma análise psiquiátrica concluirá que Bolsonaro é doente” – Hora do Povo

Governador João Doria (PSDB). Foto: Governo de São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que Jair Bolsonaro “é um autoritário, além de ser um negacionista, e a meu ver, é um psicopata, um homem doente”.

Doria falou que Bolsonaro “gosta do autoritarismo” e é “apaixonado pela ditadura”. “Se for submeter o Bolsonaro a uma análise psiquiátrica, vai se concluir que ele é doente”.

Durante o programa Roda Viva, o governador João Doria afirmou que os governadores combatem a milícia bolsonarista.

“Nós enfrentamos a milícia bolsonarista diariamente. Para cada notícia boa que divulgamos, tem milhares de ‘bolsominions’, bolsonaristas, fake news, robôs, que agem contra nós”, relatou.

O governador de São Paulo, que participou da reunião dos 24 governadores em repúdio às ameaças de Jair Bolsonaro à democracia, acredita que Bolsonaro não vai querer se reunir com os governadores.

“É necessário estabelecer o diálogo, sou a favor dos gestos, mas do Bolsonaro não espero nada diferente daquilo que ele fez nesses dois meses e meio”.

A única reunião que Jair Bolsonaro participou com os governadores, disse Doria, foi em 2019, no começo de seu governo.

“A única reunião que ele participou com os governadores foi a que organizei em janeiro de 2019, logo após a sua posse, quando ainda estava iludido imaginando que ele fosse presidente do Sérgio Moro, do liberalismo, que mudaria o país”.

“Ele chegou atrasado, falou meia dúzia de bobagens, almoçou e foi embora”, contou.

Fonte: horadopovo.com.br/doria-se-submeter-bolsonaro-a-uma-analise-psiquiatrica-se-concluira-que-ele-e-doente