Flávio Dino se reúne com diretoria da Famem para discutir combate a covid-19

OMaranhão investiu mais de R$ 2 bilhões em ações de saúde. A revelação foi feita pelo governador Flávio Dino (PCdoB) durante reunião na última terça-feira (13) com a diretoria da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) para discutir novas estratégias que possibilitem a ampliação da cobertura de vacinação contra a Covid-19. Além do governador Flávio Dino, estiveram presentes o secretário Marcelo Tavares (Casa Civil), Rubens Júnior (SECAP), Carlos Lula (Saúde).

Durante a reunião, Flávio Dino apresentou os esforços empregados pelo Governo do Maranhão no combate à pandemia. “Estamos atentos às demandas dos municípios e buscamos sempre ampliar as parcerias. A indexação para o Estado com saúde é de 12% da receita. O Maranhão está chegando a 16%. Vamos fazer um esforço adicional, para ver como podemos ajudar mais os municípios no combate à pandemia”, disse o governador Flávio Dino.Para acelerar a vacinação, o governador Flávio Dino tratou sobre a contratação de 650 vacinadores e digitadores, que atuaram diretamente nos municípios, a fim de atender de forma mais rápida a população. “Nosso objetivo é sempre ajudar. Contratamos vacinadores e digitadores, que já estão sob o comando das gestões municipais e abriremos novo processo para as localidades que não foram contempladas nessa primeira fase”, explicou o governador Flávio Dino.

O presidente da Famem, Erlânio Xavier, agradeceu a parceria realizada com o Governo do Maranhão para o combate à pandemia, e ratificou a necessidade de ampliação da vacinação. “É muito importante, prefeitas e prefeitas, quanto mais rápido de nós vacinarmos, mais vacina o nosso estado vai receber. Então, nos cabe chamar nossos secretários e equipes, e vacinar de domingo a domingo. Enquanto tiver vacina no estoque, não tem que ter feriado, não tem que ter dia de domingo, porque quanto mais nós vacinarmos, mais estamos imunizando a nossa população”, apontou o prefeito de Igarapé Grande.

Erlânio Xavier afirmou que a Famem está sempre cobrando aqueles municípios que estão abaixo de 70%. “É muito importante, prefeitas e prefeitas, quanto mais rápido de nós vacinarmos, mais vacina o nosso estado vai receber. Então, nos cabe chamar nossos secretários e equipes, e vacinar de domingo a domingo. Enquanto tiver vacina no estoque, não tem que ter feriado, não tem que ter dia de domingo, porque quanto mais nós vacinarmos, mais estamos imunizando a nossa população”, ressaltou o presidente da entidade municipalista.Erlânio reforçou a necessidade de os municípios intensificarem a vacinação da população e informar o sistema da saúde. “Sabemos da importância de adiantarmos a vacina, da gente está cobrando dos nossos profissionais de saúde”, disse

Fonte: oimparcial.com.br/politica/2021/04/flavio-dino-se-reune-com-diretoria-da-famem-para-discutir-combate-a-covid-19