Gerente de banco e familiares são sequestrados em Codó

Nesta terça-feira (17), um gerente do Banco do Brasil na cidade de Codó foi submetido a um sequestro conhecido como sapatinho, que é quando criminosos sequestram familiares para chegar ao cofre das instituições financeiras. De acordo com informações, o gerente e sua família foram feitos reféns desde o fim da noite dessa segunda-feira (16).

De acordo com informações da polícia, os sequestradores enviaram o funcionário ao banco, com explosivos preso ao corpo, para sacar dinheiro e pagar o resgate de seus familiares. Ainda segundo a polícia, o crime estaria sendo realizado por quatro a seis sequestradores.

Os sequestradores liberaram a família do bancário após cerco policial e o explosivo preso ao corpo do gerente  foi retirado pela equipe do Esquadrão Antibombas de São Luís. O funcionário do banco e seus familiares prestam depoimento no distrito policial de Caxias, junto com três dos suspeitos de serem os sequestradores das vítimas. A polícia segue com investigações para localizar outros suspeitos. 

Fonte: oimparcial.com.br/politica/2020/11/gerente-de-banco-e-familiares-sao-sequestrados-em-codo