Michelle ignora Bolsonaro e se vacina em Nova Iorque contra a Covid-19 – Hora do Povo

Dei minha opinião, mas ela é maior de idade, disse Bolsonaro. Foto: Evaristo Sá – AFP

A primeira-dama Michelle Bolsonaro se vacinou contra a Covid-19 em Nova Iorque (EUA).

A revelação foi feita por Bolsonaro em tom de reclamação e lamento, na sua live semanal na quinta-feira (23), porque Michelle decidiu se vacinar desprezando a sua opinião.

“Nos Estados Unidos, minha esposa veio conversar comigo sobre tomar ou não a vacina. Dei a minha opinião para ela. Não vou falar qual foi a minha opinião, mas ela tomou a vacina. Ela é maior de idade, tem 39 anos, sabe o que faz. Agora, se for para vacinar a Laura, com 10 anos de idade, nós vamos conversar e decidir se vacina ou não”, afirmou Bolsonaro.

Michelle viajou ao lado de Bolsonaro na comitiva que o acompanhou para assistir sua fala na Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU).

No discurso na ONU, Bolsonaro voltou a fazer propaganda da cloroquina, ineficaz contra a Covid-19, dizendo que já tomou. Sobre vacina, ele desprezou, como sempre, a importância dos imunizantes. “Nosso governo tem se posicionado contrário ao passaporte sanitário ou a qualquer obrigação relacionada a vacina”, disse ele.  

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho, foi diagnosticado com novo coronavírus nesta sexta-feira (24).

Eduardo também esteve na comitiva de Bolsonaro na Assembleia-Geral da ONU, assim como o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que está isolado em Nova Iorque após ter sido diagnosticado com Covid.

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, também testou positivo para a Covid-19. Outro diagnosticado com o vírus é o ministro Bruno Bianco, da Advocacia-Geral da União (AGU). Cristina e Bruno não participaram da comitiva de Bolsonaro a Nova Iorque.

Com isso chega a 18 o número de ministros do governo Bolsonaro que tiveram a doença.

Fonte: horadopovo.com.br/michelle-ignora-bolsonaro-e-se-vacina-em-nova-iorque-contra-a-covid-19