“Minha decisão é disputar o Senado” diz Flávio Dino sobre eleições de 2022

Após muita especulação, tendo seu nome citado para a composição de uma chapa majoritária para enfrentar o presidente da República, o governador do Maranhão, Flávio Dino declarou à coluna Radar sua posição a respeito das eleições de 2022.

“Minha decisão é disputar o Senado. A decisão visa colaborar na continuidade da implementação de políticas públicas no Maranhão. E contribuir com o campo progressista em âmbito nacional, atuando no Congresso”, disse Dino à coluna Radar.

Além disso, Dino destacou que ainda considera a possibilidade de disputar a sucessão no Planalto, mas depende de vários fatores, tais como: a unidade da esquerda. Somente isso o faria de mudar da ideia de não concorrer ao Senado.“Qualquer mudança de planos depende do principal: conseguirmos juntar forças em uma chapa para disputar e vencer a eleição presidencial de 2022. Jamais serei um fator de divisão, e sim de ajudar a convergências”, enfatizou.

No último dia 23, em entrevista concedida a uma emissora de televisão local, o governador do estado já havia falado sobre seus planos de disputar às eleições em 2022. “O ano é 2021, porque provavelmente em 2022 devo concorrer às eleições e por imperativos legais devo deixar o governo no mês de abril de 2022”, destacou.

Na última quarta-feira (30), o governador do Maranhão anunciou uma série de alterações na sua equipe de governo para 2021.  Flávio Dino (PCdoB) anunciou em suas redes sociais, mudanças nas secretarias de Cidades, Articulação Política, Agricultura Familiar e AGERP.

A principal mudança, é a volta de Márcio Jerry para o seu secretariado. Jerry assumirá a Secretaria das Cidades, que era administrada por Rubens Pereira Jr.

Já o ex-secretário Rubens Pereira Jr assumirá a Secretaria de Articulação Política. Rubens concorreu nas eleições municipais em São Luís para o cargo de prefeito, onde terminou o pleito em 4º lugar, com 10,58%, o equivalente a 54.155 votos.

Fonte: oimparcial.com.br/noticias/2020/12/minha-decisao-e-disputar-o-senado-diz-flavio-dino-sobre-eleicoes-de-2022