Molon: “injustiça; um grave erro” a aprovação do PL da compra de vacina pelo setor privado

Deputado Alessandro Molon (PSB-RJ), líder da Oposição, durante o pronunciamento. Foto: Pablo Valadares – Câmara dos Deputados

O deputado Alessandro Molon (PSB-RJ), líder da Oposição na Câmara, classificou a aprovação do projeto de lei 948/2021, que libera a compra de vacinas pelo setor privado, como uma “injustiça” e um “grave erro”.

“INJUSTIÇA. A Câmara aprovou o PL 948/2021, que libera a compra de vacinas pelo setor privado: as empresas vão concorrer com o poder público pela aquisição de doses, em prejuízo de uma vacinação justa e inclusiva. Lutaremos para derrubar esse absurdo: lugar de vacina é no SUS!”, escreveu nas redes sociais.

O deputado lembrou que nesta terça-feira (6), o Brasil atingiu a marca tenebrosa de “4.195 mortes por Covid-19 em 24h”. “A Câmara tem o dever de ajudar a garantir vacina para todos e todas, de graça e no SUS. Que ninguém fique para trás! #VacinaParaTodosJá”, cobrou o parlamentar.

As maiores economias do mundo não permitiram a compra de vacinas pelo setor privado, porque isso cria uma divisão na sociedade. Será que mais uma vez o Brasil vai deixar os mais pobres para trás? O PL 948/2021 é um grave erro! pic.twitter.com/bnnKhlGnjH

— Alessandro Molon 🇧🇷 (@alessandromolon) April 6, 2021

“O PL 948/2021 é um grave erro! Liberar a compra de vacinas pelo setor privado gera ainda maior escassez e permite que quem tem mais dinheiro seja vacinado antes. O critério de justiça para a distribuição das doses deve ser a necessidade, e não dinheiro ou poder. Vacina é no SUS!”, continuou.

O parlamentar lembra que as maiores economias do mundo “não permitiram a compra de vacinas pelo setor privado, porque isso cria uma divisão na sociedade. Será que mais uma vez o Brasil vai deixar os mais pobres para trás?”. “O PL 948/2021 é um grave erro!”.

Para Molon, “liberar a compra de vacinas pelo setor privado gera ainda maior escassez e permite que quem tem mais dinheiro seja vacinado antes”. “O critério de justiça para a distribuição das doses deve ser a necessidade, e não dinheiro ou poder. Vacina é no SUS!”, enfatizou o líder da Oposição.

Fonte: horadopovo.com.br/molon-injustica-um-grave-erro-a-aprovacao-do-pl-da-compra-de-vacina-pelo-setor-privado