STJ rejeita recurso de Lula e mantém condenação no caso do triplex

Lula visita o triplex. De costas, José Aldemário Pinheiro Filho, presidente da OAS. Foto: Reprodução

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou por unanimidade mais um recurso apresentado por Lula contra sua condenação a 8 anos e 10 meses de prisão por corrupção no caso do triplex de Guarujá.

Os recursos apresentados pela defesa do petistas pediram a mudança do regime inicial de sua pena e a diminuição da indenização que Lula tem que pagar.

Lula também pediu para ter acesso aos dados da Operação Soothing, que investiga a invasão a celulares de autoridades, entre elas o ex-juiz Sérgio Moro, e a divulgação de mensagens privadas.

Dos ministros da 5ª Turma do STJ, quatro votaram por negar o recurso de Lula e um se declarou impedido.

No processo do triplex, a condenação unânime por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em primeira e segunda instância foi confirmada pelo STJ, que apenas reduziu sua pena de 12 anos e um mês para 8 anos e 10 meses.

Por conta desse processo, chegou a passar um ano e sete meses na cadeia, mas a mudança no entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a prisão após julgamento em segunda instância o soltou.

Lula recebeu o apartamento, que passou por reformas, como forma de pagamento de propina da empreiteira OAS depois de ser favorecida em contratos da Petrobrás pelo esquema do PT.

Fonte: horadopovo.com.br/stj-rejeita-recurso-de-lula-e-mantem-condenacao-no-caso-do-triplex