PSB aponta dificuldade em federação com o PT: "não recebemos resposta" – Hora do Povo

Presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira. Foto: Divulgação – PSB

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, disse que o PT não respondeu sobre a possibilidade de abrir mão de candidaturas nos estados para conseguir a formação de uma federação partidária que englobe os dois partidos.

“Aliança pressupõe acordo entre partes e temos disposição para fazer esse acordo, mas isso pressupõe a reciprocidade de ambos os lados”.

“Há muitos meses colocamos para o PT as demandas do PSB e até agora não tivemos resposta sobre nenhuma delas”, contou Siqueira em entrevista à Rádio CBN.

O PSB tem candidatos próprios aos governos de São Paulo, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Espírito Santo e quer o apoio do PT e demais partidos que podem compor a federação, como o PCdoB.

O PT, porém, tem dito, através de suas lideranças, que pretende disputar esses estados.

“Nós admitimos a hipótese de federação como uma forma de valorizar a unidade das forças de esquerda, mas estamos tendo muita dificuldade até o momento para se concretizar”, continuou o presidente do PSB.

Siqueira pediu “compreensão e generosidade” dos aliados para que a federação partidária seja formada.

“Em primeiro lugar, nós não vamos fazer federação com ninguém, principalmente com o PT, antes de ter um acordo geral sobre os apoios que nós precisamos do PT. Em segundo lugar, a rigor, nós não precisamos de federação alguma para disputar as eleições”.

“O PT deve pensar, refletir bem e decidir qual é seu plano central, seu objetivo principal, se é eleger Lula na Presidência ou se é disputar com seu principal aliado os governos estaduais”, concluiu Carlos Siqueira.

Fonte: horadopovo.com.br/psb-aponta-dificuldade-em-federacao-com-o-pt-nao-recebemos-resposta