Regulamentação de lei do esporte eletrônico tramita pela Câmara de São Luís

Passa pela Câmara de São Luís o Projeto de Lei n.º 87/2022, que evidencia a regulamentação da prática esportiva eletrônica na capital. A proposta segue em análise nas comissões de Justiça e de Desporto e Lazer.

A lei visa reconhecer o esporte eletrônico ou e-sport, que são as atividades que ocorrem por meio de plataformas digitais, envolvendo dois ou mais competidores (sejam individuais ou em equipes), em partidas online ou presencial simultânea que permitem o acompanhamento de pessoas gerando audiência.

De acordo com o projeto, os praticantes do esporte eletrônico passam a receber a nomenclatura de “atleta”.

A proposta busca estabelecer a prática do esporte eletrônico na capital e promover a inclusão social no esporte. Permitindo, dessa forma, a convivência pacífica entre pessoas das mais diferentes etnias e condições especiais de mobilidade e cognição.

Segundo o vereador Andrey Monteiro, espera-se com a lei que a prática do esporte eletrônico seja mais difundida e se torne mais acessível para a população.

Ele também destacou que o Maranhão já tem atletas de conceito a nível nacional e exporta nomes importantes de jogadores que atuam em games como Free Fire e Fortnite.

“Diante do atual cenário no qual estamos inseridos, é inegável que as tecnologias estão revolucionando nosso modo de nos organizarmos, pensarmos e vivermos. Com os jogos eletrônicos não tem sido diferente, e a atividade vem ganhando cada vez mais espaço no cenário global, por isso precisa ser regulamentada em nossa cidade”, afirmou, o vereador.

Fonte: oimparcial.com.br/noticias/2022/07/regulamentacao-de-lei-do-esporte-eletronico-tramita-pela-camara-de-sao-luis