Retrospectiva: Flamengo inicia bem, mas termina 2021 de mãos vazias

O futebol brasileiro sofreu com os reflexos da pandemia em 2021 e viu a temporada anterior entrar ano a dentro. O de 2020 só terminou no fim de fevereiro e, embora com uma campanha irregular, o faturou o bicampeonato.Comandado por Rogério Ceni, que substituiu Domènec Torrent no meio da competição, o Rubro-Negro nem de longe foi o mesmo que conquistou o titulo nacional e a , em 2019, sob o comando de Jorge Jesus. Mas, com praticamente o mesmo time, conseguiu superar a concorrência e terminou a competição com a vantagem de apenas um ponto sobre o .Sucesso na Supercopa e no EstadualCredenciado mais uma vez a disputar a Supercopa do Brasil, o Flamengo encarou o , campeão da , em abril. No Mané Garrincha, em Brasília, sem a presença de público, as duas equipes fizeram um jogo disputadíssimo. O Verdão saiu na frente com um minuto de jogo, mas sofreu a virada ainda no primeiro tempo.Na etapa final, o duelo seguiu equilibrado e o Palmeiras empatou em uma penalidade cometida por Rodrigo Caio. A decisão foi para a disputa de pênaltis, quando o goleiro Diego Alves brilhou, e o Flamengo venceu por 6 a 5 e conquistou o bicampeonato.Com e rebaixados para a segunda divisão e em processo de reestruturação, o foi mais uma vez decidido contra o . Com autoridade, o Flamengo conquistou o tricampeonato, embora o Tricolor não tenha vendido barato.Chegou perto, mas bateu na trave em decisõesCom o início do Campeonato Brasileiro, o Flamengo sofreu com os constantes desfalques. Convocações para as rodadas triplas das e as muitas lesões tornaram raras as aparições do time titular completo. Além disso, uma de suas principais peças, o meia Gerson, deixou o clube ao ser vendido para o Olympique de Marselha, da França.A irregularidade da equipe acabou causando a demissão de Rogério Ceni, apesar do time seguir no páreo nos pontos corridos, na Copa do Brasil e na Libertadores. Com a chegada de Renato Gaúcho, o Flamengo viveu sua melhor fase na temporada e conseguiu uma longa sequências de vitórias.O treinador mantinha a promessa de buscar todos os títulos que o Flamengo disputava. Entretanto, as convocações, as lesões e o desgaste causavam constantes mudanças na equipe, que passou a oscilar em momentos importantes.O clube perdeu várias oportunidades de se aproximar do líder . Além disso, foi derrotado pelo , na semifinal da Copa do Brasil. No jogo de ida, no Paraná, o Flamengo começou bem e abriu 2 a 0. O jogo parecia fácil, mas a equipe desperdiçou as chances de ampliar e permitiu a reação do adversário, que viu o empate em 2 a 2 como uma vitória.Na volta, no Maracanã, a segunda parte do jogo em Curitiba se repetiu e o Flamengo caiu por 3 a 0 diante de sua torcida, que lotou o estádio.O foco do time passou a ser a final da Libertadores, contra o Palmeiras. A comissão técnica montou um planejamento para ter o time completo no duelo em Montevidéu e conseguiu colocar os 11 titulares em campo.Eficiente, o Palmeiras fez um ótimo primeiro tempo e abriu o placar. O Flamengo voltou melhor, conseguiu o empate e quase virou o jogo, mas a igualdade permaneceu e a partida foi para a prorrogação.

O Rubro-Negro estava num melhor momento contra um Palmeiras que já havia perdido alguns de seus melhores jogadores, porém, o meia Andreas Pereira se atrapalhou no setor defensivo e permitiu a roubada de Deyverson, que entrou na área e fez o gol do título palmeirense.De volta ao Brasil, a diretoria optou pela demissão de Renato Gaúcho e o time passou ao comando do auxiliar Maurício Souza. O Rubro-Negro não conseguiu evitar o título do Atlético-MG e se limitou a garantir o vice-campeonato nacional. Com o Galo campeão com duas rodadas de antecedência, grande parte dos jogadores foram para as férias, e o time encerrou a campanha com muitos atletas da base.O que esperar em 2022?O fracasso nas competições no segundo semestre levaram a diretoria do Flamengo a buscar uma reformulação no departamento de futebol. O clube está a procura de um treinador estrangeiro que possa recolocar o time no caminho dos títulos. No elenco, pouca coisa deve mudar e a base da equipe deve permanecer.A reapresentação dos jogadores acontecerá em 10 de janeiro, duas semanas antes do início do Carioca. Entretanto, uma equipe alternativa deve ser usada nas primeiras rodadas para que os titulares façam uma pré-temporada mais longa.No dia 22 de fevereiro, o Flamengo disputará o primeiro título do ano, a Supercopa do Brasil de 2022, contra o Atlético-MG.

Fonte: www.gazetaesportiva.com/times/flamengo/retrospectiva-flamengo-inicia-bem-mas-termina-2021-de-maos-vazias