São Paulo vacinará crianças de 5 a 11 anos dentro das escolas públicas, diz secretário – Hora do Povo

Governo paulista iniciou planejamento para imunização de crianças – Foto: Divulgação/Governo de SP

O governo de São Paulo quer aplicar vacinas contra a Covid-19 em crianças de 5 a 10 anos dentro das escolas públicas do estado e estender a ação às escolas da rede privada o mais rapidamente possível. A vacinação será feita em parceria com os municípios e com autorização dos pais.

Segundo escreveu em suas redes sociais o secretário de Educação de São Paulo, Rossieli Soares, “a vacinação das crianças é urgente”.

“Em São Paulo, nós faremos de tudo para que ela aconteça, inclusive dentro das escolas. “A estratégia deu muito certo com os professores quando fui ministro e pode ser repetida agora para garantir a segurança dos jovens contra a covid-19”, afirmou.

Em entrevista ao Estadão, o secretário também informou que as escolas estaduais vão passar a solicitar o comprovante de vacinação após o início da campanha de vacinação das crianças, mas que as não vacinadas não serão impedidas de frequentar as aulas.

“A carteira de vacinação já é exigida na matrícula. Vamos solicitar sim, no momento devido. Mas não vamos proibir o aluno de ir à escola”, disse. Mesmo com toda a campanha do governo Bolsonaro contrário a vacinação de crianças de 5 a 10 anos, a pressão de diversos setores sociais e opiniões embasadas de cientistas em defesa da vacina, como representantes da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), Sociedade Brasileira de Imunização (SBIm), Associação Médica Brasileira (AMB) e pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), prevaleceram e, nesta terça-feira (4), o próprio ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou que a pasta já está preparando o planejamento da campanha de imunização infantil. 

Fonte: horadopovo.com.br/sao-paulo-vacinara-criancas-de-5-a-11-anos-dentro-das-escolas-publicas-diz-secretario