Casos da variante Delta sobem e chegam a 387 no Distrito Federal

Brasil de Fato – A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) atualizou nesta segunda-feira (20), em coletiva de imprensa, dados sobre o avanço da variante Delta da covid-19.

Ao todo, foram notificados 41 novos casos nos últimos sete dias, totalizando agora 387 pessoas com diagnóstico positivo para esta cepa do vírus, que é muito mais transmissível do que as outras variantes. 

Na capital federal, até agora, foram 7 mortes causadas pela mutação do Sars-Cov-2 originada na Índia. Desses casos, seis são moradores do DF e um de Goiás. Não houve registro de novas mortes na última semana. Os óbitos dos moradores do DF ocorreram em Ceilândia (2), Guará (1), Santa Maria (2) e Taguatinga (1).

Segundo informação da Subsecretaria de Assistência à Saúde da SES-DF, a taxa de transmissão da covid-19 no DF está em 1,04, o que significa que 100 pessoas transmitem para outras 104, indicando uma situação de expansão das contaminações. A pandemia só pode ser considerada controlada quando esse índice fica abaixo de 1 ao longo de pelos menos algumas semanas seguidas.

A taxa de ocupação dos leitos de unidades de terapia intensiva (UTIs) exclusivos para covid-19 está em 62,39%, segundo números apurados na manhã de segunda pela Secretaria. A taxa de ocupação de leitos de suporte ventilatório pulmonar era de 51,27%.

Já os leitos de UTI geral na capital do país registravam, na manhã de ontem, uma taxa de ocupação de 93%. Em média, segundo as autoridades de saúde, a lista de espera por leitos de UTI covid tinha, em média, 6 pacientes aguardando, com média de tempo de espera de 6 horas para serem encaminhados pelo Complexo Regulador.  

Até às 17h de segunda, segundo o boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde, o DF somava um total de 486.686 casos confirmados de covid-19 desde o início da pandemia. Somente nas 24h anteriores, foram registrados 1.096 novos casos.

:: Movimentos lançam 10 medidas para conter a variante delta em São Paulo ::

O número total de óbitos chegou 10.298 casos (2,1% do total), com 14 óbitos notificados nas 24h anteriores. A média de idades das pessoas infectadas no DF é de 39 anos, variando entre 0 e 107 anos, e a média de idade dos óbitos é de 67 anos, variando de 0 a 104.

Fonte: BdF Distrito Federal

Fonte: www.redebrasilatual.com.br/saude-e-ciencia/2021/09/casos-da-variante-delta-sobem-e-chegam-a-387-no-distrito-federal