Conheça os alimentos que fortalecem sua imunidade neste inverno – ViDA & Ação

Quando pensamos em inverno, logo vem à cabeça comidinhas calóricas. Mas você pode passar por essa estação de forma saudável e cuidando da sua imunidade, ainda mais em tempos de pandemia. Nesses dias mais frios e de baixa umidade, é importante prestar atenção nos alimentos que ingerimos com o objetivo de se prevenir contra doenças e fazer o sistema imunológico funcionar adequadamente

Para a nutricionista Milena Cornacini, as baixas temperaturas favorecem a sobrevivência e a transmissibilidade dos vírus respiratórios. Somado a isso, “há também a redução dos mecanismos de defesa naturais do sistema respiratório, aumentando o risco de infecções, além da tendência a aglomerações e a permanência em ambientes fechados”, afirma.

A nutricionista Cyntia Maureen, da Superbom, explica que “o frio é conhecido por diminuir a imunidade, com isso, nosso organismo fica mais propenso aos vírus”. Ela recomenda associar uma boa alimentação com outras práticas, como exercícios físicos, consumo adequado de água e uma boa rotina de sono podem ser a resposta para aqueles que querem evitar corizas, dores no corpo e fadiga, doenças da estação”.

Nessa época do ano precisamos de mais energia para manter a temperatura do corpo. E é por meio da nutrição que as pessoas conseguem ter uma melhor qualidade de vida. Para as células do sistema imunológico funcionarem corretamente, é necessário que carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas, minerais e fibras sejam ingeridos na quantidade e qualidade adequados.

“Não podemos esquecer das proteínas, que não só auxiliam na função imunológica, como também participam substancialmente da construção  e manutenção da massa muscular”, afirma a nutricionista Edvania Soares. Por isso, ela recomenda carnes magras, peixes, leite, queijos, iogurtes.

A partir de dicas e orientações das nutricionistas, reunimos uma lista de alimentos que ajudam a fortalecer a imunidade neste inverno. Confira!

Alimentos que ajudam a fortalecer a imunidade

Ovos: Segundo Milena, o ovo é uma excelente opção porque “é fonte de importantes nutrientes que podem auxiliar no aumento do sistema imunológico, quando associado a uma alimentação saudável e equilibrada”. O ovo é uma proteína de alto valor biológico, que fornece todos os aminoácidos essenciais, vitaminas, minerais, ômega 3 e compostos ativo, completa Cyntia.

-Sopas quentes: “Os alimentos quentes ao final do dia elas, como as sopas, são perfeitos para aqueles que estão com sintomas de gripe e/ou resfriado já que aumentam o fluxo de secreções nasais, ajudando a aliviar os sintomas das doenças, explica Cyntia. A sopa de abóbora com gengibre, feijão e o famoso caldo verde são ótimas opções de receitas para quem ficar indisposto. “Uma dica é caprichar no alho na hora do preparo pois o tempero. Além de saboroso, é rico em vitamina A e C que vão favorecer o funcionamento do sistema imunológico”, destaca a nutricionista.

– Frutas cítricas como laranja, tangerina, kiwi e limão, ricas em vitamina C: “O nutriente é conhecido por atuar diretamente nas nossas células de defesa e combater os causadores de doenças, fortalecendo o sistema imunológico”, comenta Cynthia. Em relação à laranja, ela ressalta que a fruta “contribui no retardo do envelhecimento e prevenção da anemia, e para os dias mais frios seu consumo diário é mais do que indicado”.

Frutas cítricas como laranja, tangerina, kiwi e limão, ricas em vitamina C, são muito recomendadas no inverno (Reprodução de internet)

– Aveia: é rica em fibras responsáveis por otimizar o sistema imunológico, além de dar mais energia e melhorar o humor. Ela ainda é rica em zinco, cobre, ferro, cálcio e magnésio. “Começar o dia com esse cereal é a pedida certa para o inverno, e para deixá-lo ainda mais gostoso e nutritivo é válido prepará-lo com frutas para uma refeição completa logo ao acordar”, acrescenta a nutricionista.  

– Mel com própolis: traz benefícios como características antimicrobianas e atuação nas vias respiratórias. “Uma ótima opção para aqueles que desejam optar por remédios naturais”, comenta.

-Própolis: contém proteínas e compostos com capacidade de alterar e regular o sistema imunológico, além dos benefícios de ser antibacteriano e estimula receptores específicos e a produção de citocinas, que modulam os mecanismos da imunidade;

Mel com própolis é opção para quem deseja optar por remédios naturais, diz nutricionista (Reprodução de internet)

-Repolho: fonte de glutationa, um poderoso antioxidante que melhora a função das células imunes;

-Alho: tem função imunoprotetora, além de fornecer selênio e zinco, nutrientes importantes para evitar problemas respiratórios;

-Castanha-do-Pará: é rica em selênio e antioxidante, que combate os efeitos danosos dos radicais livres. Seus nutrientes como a vitamina E, cálcio e magnésio ajudam a fortalecer o sistema imunológico. “A castanha-do-pará ainda é uma excelente fonte de energia e favorece a saúde do coração. Sua dose diária recomendada é entre uma e duas unidades”, aconselha a profissional.

-Amêndoas: ricas em vitamina E e vitaminas do complexo B, ajudam a proteger o sistema imune da oxidação, principalmente em situações de estresse;

Amêndoas também ajudam a proteger o sistema imune da oxidação, principalmente em situações de estresse (Reprodução de internet)

-Batata-doce: rica em betacaroteno, precursor de vitamina A, é um nutriente fundamental para o sistema imunológico. 

-Gengibre: rico em vitamina C, B6 e com ação bactericida, ajuda a tratar inflamações da garganta e auxilia nas defesas do organismo;

-Erva de leão: aumenta a resposta imune e a produção de óxido nítrico, melhorando a oxigenação dos tecidos. Utilize na forma de chá, com 1  colher de chá para 1 xícar de água aquecida.

No inverno também é essencial se hidratar e, normalmente, ingerimos menos líquidos. Com a temperatura mais fria e umidade do ar, diminui a transpiração corporal. A nutricionista Edvania recomenda atenção redobrada para o consumo de água.

Uma pessoa que consome em torno de 35 a 50ml de água por kg de peso por dia, não só colabora ativamente para a purificação do seu próprio corpo, como também, fluidifica os mucos, evitando assim, a proliferação de vírus, bactérias e fungos”, afirma a nutricionista.

Ela acrescenta que a água ajuda na absorção das vitaminas hidrossolúveis, que são as vitaminas do complexo B. A dica da nutricionista é sempre deixar uma garrafinha de água por perto, assim, ter a certeza que ao menos 2 litros de água serão consumidor por dia.

Com Assessorias

Fonte: www.vidaeacao.com.br/conheca-os-alimentos-que-fortalecem-sua-imunidade-neste-inverno