Dia mundial do coração: Especialista do HCSG dá dicas de como cuidar da sua saúde cardíaca

Doenças como hipertensão arterial, coronariana, cardiopatia entre outras, são responsáveis por cerca de 1100 mortes por dia no Brasil

29 de setembro é considerado o dia mundial do coração, data que tem como objetivo alertar e conscientizar a população sobre a importância de manter hábitos saudáveis e preservar a saúde cardíaca. As doenças cardiovasculares estão entre as principais causas de morte no mundo. De acordo a Sociedade Brasileira de Cardiologia SBC elas representam a principal causa de mortes no Brasil. São mais de 1100 mortes por dia, cerca de 46 por hora, 1 morte a cada 1,5 minutos (90 segundos) a prevenção e o tratamento adequado dos fatores de risco e das doenças cardiovasculares podem reverter essa grave situação.

Hipertensão arterial, doença coronariana (doença isquêmica do coração), doença cerebrovascular, doença arterial periférica; doença cardíaca reumática e cardiopatia congênita são as causas de problemas cardíacos mais conhecidas. Entre os principais fatores de risco para a ocorrência dessas doenças estão: diabetes, hipertensão, tabagismo, estresse, obesidade, doenças da tireóide, colesterol alto e histórico familiar. “Pessoas com sobrepeso/obesas, com dieta inadequada, tabagistas e sedentárias estão mais propensas a desenvolver algum problema cardíaco”, alertaPedro Rubens Pereira Junior, cardiologista e coordenador médico do PS, enfermaria e UTI do HSCG. 

Sintomas

Dentre os principais sintomas de que há algo errado com o coração está dor no peito, náuseas, vômitos, sudorese e falta de ar. “Caso sinta alguns desses sintomas é fundamental procurar um cardiologista o mais prontamente possível para que receba o tratamento adequado ao diagnóstico”, orienta.

Dicas para ter um coração saudável

Segundo o especialista, para se ter uma saúde cardíaca em dia é fundamental:

• Praticar exercícios físicos com regularidade;

• Manter uma alimentação equilibrada com frutas, verduras, legumes e evitando o excesso de sal, açúcar, frituras e gorduras saturadas;

• Manter o controle do colesterol, diabetes e pressão arterial;

• Não fumar e moderar o uso de álcool;

“Vale lembrar que para um coração saudável o controle das comorbidades acompanhado por um especialista é essencial, sempre levando em consideração que dieta, exercício e emagrecimento ajudam nesse gerenciamento” , finaliza o cardiologista.

Sobre o Hospital Casa de Saúde Guarujá: Instituição de saúde com foco na excelência do atendimento médico de qualidade, com moderna infraestrutura e tecnologia de ponta. É a primeira opção na região na área de pediatria infantil e oferece um novo conceito de prevenção à saúde dos moradores e turistas do Guarujá e arredores com o objetivo de se tornar referência na prestação de serviços de saúde na Baixada Santista.