Rio retoma vacinação de adolescentes contra a Covid-19 – ViDA & Ação

O Rio de Janeiro retoma nesta quarta-feira (8) a vacinação contra a Covid-19 de adolescentes, com a aplicação da primeira dose em meninas de 15 anos. A quinta-feira (9) também foi reservada para o mesmo grupo e os meninos de 15 anos poderão iniciar a imunização na sexta-feira (10), conforme o cronograma divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio Janeiro (SMS).

A retomada ocorre após a entrega, pelo Ministério da Saúde, de 35.832 doses do imunizante da fabricante norte-americana Pfizer para as primeiras doses na segunda-feira (6). A vacina da Pfizer é a única que já tem autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a aplicação no público entre 12 e 17 anos.

A repescagem para a primeira dose ocorre para pessoas a partir de 25 anos, gestantes, puérperas, lactantes e deficientes a partir dos 12 anos de idade. Para a repescagem, a Secretaria de Saúde sugere que se compareça aos postos de vacinação na parte da tarde.

Devido ao feriado de 7 de setembro, não houve vacinação na cidade na terça-feira. Segundo a secretaria, as datas para aplicação da primeira dose nos adolescentes de 14 a 12 anos só serão divulgadas quando o Rio receber mais vacinas da Pfizer.

O painel de vacinação da prefeitura aponta que 77,9% da população total da cidade receberam a primeira dose e 42% estão com o esquema vacinal completo contra a Covid-19, com duas doses da AstraZeneca, CoronaVac ou Pfizer ou com a dose única da Janssen. 

No recorte do público-alvo da campanha de vacinação, de pessoas com 12 anos ou mais, são 91% com a primeira dose e 48,9% com a imunização completa.

Leia mais

Encontro de gerações: vacina para adolescentes e reforço a idosos
Por que crianças e adolescentes devem voltar às aulas presenciais?
Como identificar se um adolescente sofre de estresse pandêmico

País recebe 1,13 milhão de vacinas da Pfizer

O Brasil recebeu na noite desta quarta-feira (8), no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), o 66º lote de vacinas da Pfizer contra a covid-19. São 1.134.900 doses do imunizantes que agora estão sendo transportadas para o depósito do Ministério da Saúde, em Guarulhos (SP).

A Pfizer deverá enviar 200 milhões de doses do imunizante ao país até o final de 2021, por meio de dois contratos de fornecimento da vacina. O primeiro, fechado com o Ministério da Saúde, em 19 de março, prevê a entrega de 100 milhões de doses até o final de setembro. Já o segundo, assinado em 14 de maio, prevê mais 100 milhões de doses entre outubro e dezembro.

De acordo com a Pfizer, estão previstas as chegadas de mais seis lotes até o próximo dia 12, quando deverão ter sido entregues ao governo brasileiro cerca de 72 milhões de doses. Segundo o Ministério da Saúde, foram repassadas aos estados e Distrito Federal aproximadamente 59 milhões de doses da vacina da Pfizer.

Da Agência Brasil

Por Favor, Compartilhe!

Fonte: www.vidaeacao.com.br/rio-retoma-vacinacao-de-adolescentes-contra-a-covid-19