Tarifa Social de Energia será automática para mais 11,5 milhões de famílias

A partir de janeiro de 2022, o cadastramento na Tarifa Social de Energia Elétrica será realizado automaticamente pelo governo. Isso porque, no último dia de novembro, foi assinado um termo de compartilhamento de dados do CadÚnico com a Aneel e suas distribuidoras.

Devem ser inseridas no programa mais de 11,5 milhões de famílias de baixa renda que se encaixam nos critérios. Serão descontados cerca de R$ 3,3 bilhões nas contas de luz dos beneficiários. “Nós temos que fazer o dever de casa para melhorar a vida do brasileiro”, disse o ministro da Cidadania, João Roma.

“Esses mais vulneráveis, esses mais humildes são atendidos sim com essa medida. Parece pouco para nós, pelo que nós percebemos, mas para essas pessoas isso é muito bem-vindo”, pontuou o Presidente Jair Bolsonaro.

Quem tem direito à Tarifa Social de Energia Elétrica

A inscrição automática simplifica o acesso das famílias em situação de vulnerabilidade ao benefício. Antes, era necessário se deslocar até às distribuidoras para solicitar a inclusão na Tarifa Social de Energia Elétrica. Agora, a burocracia para conseguir o desconto na conta de luz foi diminuída.

De acordo com o governo federal, as pessoas que têm direito ao benefício são:

Leia também

Fonte: concursosnobrasil.com/beneficios-sociais/2021/12/29/tarifa-social-de-energia-sera-automatica-para-mais-115-milhoes-de-familias