Tecnologia, bom gosto e um toque de futurismo: a tendência das cozinhas high techs

Como inovações de alta tecnologia se resumem em TVs, computadores, tablets e invadem o coração do coração: as cozinhas são inteligentes e não celulares: como as cozinhas são inteligentes e não celulares

As tendências de decoração para 2022 reúnem diversas novidades para os cômodos do lar: minimalismo, design biofílico, uso de matéria-prima orgânica e natural e valorização da estética confortável , aconchegante e prazerosa. Na contramão das escolhas que têm prevalecido quando o assunto é decoração e design de interiores, como as cozinhas estão à frente de seu tempo e invenções tecnológicas surpreendentes que aliam design, eficiência e rapidez.

As casas inteligentes são uma realidade em expansão. A automação residencial tem finalidade facilitar a rotina, auxiliar nas pequenas atividades do dia a dia e promover soluções de forma rápida, eficiente e confortável para os moradores. As cortinas de cortinas que abrem com comando de voz, luzes muito que agora podem acender e a distânciam com um estalar e cômodos interligados e de conexão com a alta tecnologia o espaço mais necessário: as além. Afinal, quem não gostaria de colocar a mão na massa com uma ajudinha extra? 

Muito próximo do imaginário “Os Jetsons” 

Pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Automação Residencial e Predial (Aureside) em 2020 revelou que existem de 900 mil a 2 milhões de casas inteligentes no Brasil. Para compreender o crescimento dessa tendência, em 2015 esse era próximo de 300 mil apenas. Para começar a modernizar a cozinha de casa, a arquiteta do Grupo A.Yoshii, Andressa Bassinelli, preparou algumas dicas. 

  • Eletrodomésticos inteligentes

Muito além das assistentes virtuais, os eletrônicos inteligentes promovem um ecossistema verdadeiro, no qual todos os itens da cozinha estão juntos em rede. “As novidades são incríveis. Hoje temos opções que são melhores ou que faltam, fornos com timer que desligou quando o alimento está pronto e, ainda, que conseguem realizar diferentes equipamentos simultaneamente, fogão que corta ou gás em escape, funções autolimpantes, trituradores de lixo para nós mais higiene, com sensor de movimento para não sujá-las com as mãos, coifa embutida no móvel. É como ter a sua cozinha sob o seu controle”, conta Andressa. 

A tecnologia caminha no sentido de criar os alimentos que são eletricamente com memória interna, capaz de enfrentar o tempo de informar ou aqueles que os alimentos têm mais. Mercado, inclusive, já oferece modelos de temperatura e modelos de circulação diferenciados de diferentes sistemas, que mantêm os níveis de temperatura e temperatura com constantes e evita a mistura de sabores e odores. 

“As novidades são surpreendentes! Por exemplo, entre as propostas propostas de existentes no mercado, como soluções tecnologicamente mais avançadas já alargadas. Outra tendência é o cozimento por ondas eletromagnéticas que regulam e se adaptam à consistência e ao tipo de alimento”, complementa arquiteta. 

  • design acompanha o modernismo

design é aliado e reverbera a alta tecnologia. Para, as cozinhas, como cozinhas , invistam em móveis, móveis, móveis e decoração, em alta qualidade e decoração, pelo minimalismo e ergonomia dos espaços. Inclusive, ao projetar o design , é importante as marcas que são escondidas da cozinha principalmente por aparelhos e louças compactas, estilo compacto e muito limpo. “Vemos cada vez mais portas automáticas, deslizantes ou de toque. A cozinha do empreendimento Epic, em Curitiba, traz essa proposta. Com um toque dos dedos, a coifa surge da ilha da cozinha”, conta a arquiteta. 

Os revestimentos acompanham a tendência e possuem cada vez mais tecnologia embutida que auxiliam na limpeza, além de serem mais resistentes às temperaturas e umidade. Os armários, por sua vez, possuem travas e freios para evitar atrito e podem ser feitos com materiais mais resistentes. Tudo em prol da durabilidade e qualidade. 

E quem acredita que os eletrônicos são apenas funcional, engana-. “Um dos maiores destaques do decorado do Epic foi nada mais nada menos que a geladeira. Da marca eslovena Gorenje, um refrigerador de portas francesas tem puxadores especialmente para decorar o ambiente. As eletrônicas agora são personalizáveis”, vibra Andressa. 

  • Tecnologia contra o desperdício 

Todas as tecnologias citadas vêm para simplificar e auxiliar a rotina das pessoas, e ainda possuem recursos sustentáveis. “O desperdício é coisa do passado. Geladeiras que monitoram a validade dos alimentos jogar com os moradores não muitas coisas fora. Os misturadores com sensores de movimento evitam e evitam o consumo de água. Os fornos que não interferem vão evitar o uso de gás excessivo. Até mesmo as lava-louças prometem economizar água e energia. Definitivamente, é uma cozinha inteligente que raciona seus gastos”, explica a arquiteta. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.