Tragédia em Capitólio: sobe para 10 o número de mortos

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais encontrou, neste domingo, outras 3 vítimas da queda de uma rocha no Lago de Furnas, na região de Capitólio. O número total de mortos chegou a 10.

De acordo com os Bombeiros, 32 pessoas ficaram feridas, algumas delas tiveram que ser hospitalizadas nas cidades de Passos, Piumhi e São José da Barra. Pelo menos quatro barcos foram atingidos.

O deslizamento aconteceu por volta das 12h30 do sábado (8) no condomínio Escarpas do Lago, tradicional ponto turístico de Capitólio.

Atenção: o vídeo abaixo é um conteúdo sensível.

URGENTE!!! Pedras se soltam de cânion em Capitólio, em Minas, e atingem três lanchas.

— O Tempo (@otempo)

A chefe da Divisão de Medicina Legal do Interior da Polícia Civil de Minas Gerais, Marcela Sena Brava, informou que peritos estiveram no local para auxiliar na liberação dos corpos e que eles foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Passos. Um inquérito será instaurado para apurar o incidente. A VT já havia publicado em seu  publicado em 2021, que nos meses mais chuvosos, entre dezembro e março, aumenta o risco de cabeças d’água – o fenômeno ocorre quando a chuva forte faz crescer repentinamente o nível do rio provocando uma enxurrada. Em janeiro de 2021, três pessoas morreram em um complexo de cachoeiras na região. 

ACIDENTE EM CAPITÓLIO, MG: por outro ângulo, novas imagens mostram a queda do paredão no cânion e o desespero dos turistas que estavam no local para fugir e se salvar.

— nico no #BBB22 📺 (@niconatv)

Com informações da Agência Brasil.

Continua após a publicidade

          Fonte: viagemeturismo.abril.com.br/brasil/tragedia-em-capitolio-7-pessoas-morrem-e-3-estao-desaparecidas