França suspende todos os voos para o Brasil “até novas ordens”

Com agravamento da pandemia no Brasil e variante amazônica da Covid-19, Jean Castex, primeiro-ministro francês anunciou o fechamento da fronteira aérea em sessão no parlamento

O primeiro-ministro da França, Jean Castex, anunciou ao parlamento nesta terça-feira (13) que todos os voos entre os país europeu e o Brasil estão suspensos “até novas ordens” em razão do agravamento da pandemia e da variante amazônica do coronavírus

“Constatamos que a situação está se agravando e por isso decidimos suspender até novo aviso todos os voos entre Brasil e França”, explicou Castex durante sessão de perguntas na Assembleia Nacional.

O governo francês vinha sofrendo pressão de políticos da oposição para o fechamento da fronteira aérea com o Brasil, além de recomendarem a adoção de um isolamento obrigatório e vigiado de pelo menos 10 dias a todos os viajantes que chegam do Brasil.

Até o momento, a variante brasileira P1 representa apenas 0,5% dos casos diagnosticados no território francês, onde a cepa britânica é predominante. Mas devido à falta de controle da epidemia no Brasil, as mutações tendem a se multiplicar e se tornar.

Fronteira aérea
Segundo a agência alemã Deutsche Welle, diversas companhias aéreas cortaram voos internacionais para o Brasil devido à pandemia de coronavírus e às restrições de viagens impostas por diversos países.

Revista Fórum – Foto: Rádio França Internacional