Veneziano defende MDB na disputa majoritária. A decisão sobre a “forma” fica com o partido

Foto: divulgação

O senador Veneziano Vital está convicto de que o seu partido, o MDB, precisa participar da disputa majoritária ano que vem na Paraíba. E já estipula até um prazo para essa definição: o mês de janeiro. O marco temporal, inclusive, é o mesmo defendido pelo governador João Azevêdo (Cidadania) para a definir quem continuará, ou não, no Governo a partir de 2022.

Mas a “forma” como os emedebistas estarão na majoritária dependerá do partido.

“A minha opinião é a de podermos participar. De que forma? Essa vai ser uma decisão a ser tomada por todos. Não dá para imaginar que o MDB numa caminhada em busca de reestruturar-se não esteja com a consciência amadurecida de que precisa participar”, argumentou Veneziano, em entrevista hoje à CBN.

O nome de Veneziano passou a ser cotado como pré-candidato ao Governo do Estado após a aproximação do PSD, do ex-prefeito Romero Rodrigues, com o Governo.

Dentro do MDB duas teses estarão na mesa.

Um dos grupos defende uma candidatura própria. O outro, liderado pelo ex-governador Roberto Paulino, quer a continuidade do alinhamento com Azevêdo.

Quem defende candidatura própria tem dito que um palanque da legenda ampliaria as chances de conquista de vagas na Assembleia e no Congresso Nacional.

Jornal da Paraíba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *